Partida genial do inigualável Thal!

XADREZ EM RITMO DE SAMBA
Por Richard Guerrero

“A partida termina, uma partida cheia de deslumbrantes combinações, inesperados sacrifícios, engenhosas e diabólicas ciladas. O vencedor, um esbelto jovem de impressionantes olhos negros, começa a analisar a vitória sobre seu rival, rodeado por um coro de fascinados espectadores. Na fase da abertura, faz desfilar instantaneamente, de cor, meia dúzia de partidas magistrais jogadas anteriormente com a mesma variante. No meio jogo, mostra diversas defesas para o oponente e as diversas combinações que havia planejado, algumas de cinco ou dez lances de profundidade. O final de jogo ainda não chegou. Um grande mestre sugere uma defesa melhor, uma que poderia ter rechaçado o ataque. O jovem concorda com um encolher de ombros. O que lhe interessava era ganhar a partida, não acumular provas científicas. Abandona a sala de jogo e, alegremente, atende a uma ruidosa multidão de admiradores que lhe pedem autógrafos. O jovem é Mihail Tahl”.

Com esta excelente descrição, o mestre norte-americano Anthony Saidy retrata o jogador mais fascinante de todos os tempos, o eterno mago do tabuleiro. E vendo partidas tão espetaculares como a que segue, ninguém pode se surpreender de Tahl ser o enxadrista mais admirado da história. Vejamos seu assombroso xadrez em ritmo de samba.

Mihail Tahl – Alexander Koblents
Riga, 1957
[Richard Guerrero]

Partida no visor

1.e4 c5 2.Cf3 Cc6 3.d4 cxd4 4.Cxd4 Cf6 5.Cc3 d6 6.Bg5

O Ataque Rauser da Defesa Siciliana.

6…e6 7.Dd2 Be7 8.O-O-O O-O 9.Cb3 Db6 10.f3 a6

(10…Td8!? 11.g4?!

(11.Be3) 11…d5!)

11.g4 Td8

(11…Dc7!?)

12.Be3 Dc7 13.h4 b5

(13…d5!?)

14.g5 Cd7 15.g6!

Uma ruptura no mais puro estilo Tahl.

15…hxg6?!

(15…fxg6 16.h5! gxh5 17.Txh5 As colunas semiabiertas “g” e “h” oferecem excelentes possibilidades de ataque com as peças pesadas e compensam suficientemente o peão sacrificado.)

16.h5 gxh5 17.Txh5 Cf6?!

(17…Bf6! 18.Dxd6?! Dxd6 19.Txd6 Bb7)

18.Th1!

Ameaçando seguir com 19 Dh2! (18.Tg5?! d5! 19.Dg2 Ce8)

18…d5

(18…Ce5 19.Dh2 Cg6 20.Bd3! +/-)

19.e5?!

(19.Bf4! Bd6

(19…e5? 20.Dh2! Ameaça mate em h8 20…Rf8 21.Cxd5! +- Cxd5 22.Dh8#) 20.Bxd6 Dxd6

(20…Txd6? 21.Dh2! Rf8 22.e5 +-) 21.f4! +/-)

19…Cxe5!

(19…Dxe5? 20.Bf4! Df5 21.Bd3 +-) (19…Ce8?! 20.Dh2

(20.f4!?) 20…f6

(20…f5 21.Dh7+ Rf7 22.f4 +- seguido de Be2-Bh5+) 21.Dh7+ Rf7

(21…Rf8 22.Dg6! Com a ameaça 23 Th8++ 22…Rg8 23.Bd3! Ameaça 24 Th8+! seguido de 25 Dh7++ 23…f5 24.Bxf5! exf5 25.e6! Ameaça 26 Df7++ ou 26 Dh7+ e 27 Dh8++ 25…Bf6 26.Dh7+ Rf8 27.Bc5+ Cd6 28.Dh8+ Re7 29.Cxd5+ Rxe6 30.Cxc7+ ganhando.) 22.f4! fxe5 23.f5! com ataque.)

20.Bf4?

(20.Dh2! Rf8 Evidentemente não é possível 20…Cg6 porque deixaria a dama sem proteção 21.Dh8+ Talvez as brancas tenham aqui melhores continuações 21…Cg8 E agora não se deve continuar com 22.Th7? É melhor 22 Bd3 22…Bf6 E as negras estariam ameaçando o decisivo 23…Cg6 capturando a dama branca.)

20…Bd6 21.Dh2 Rf8

(21…Cd3+? 22.Rb1! +- Ganhando devido à ameaça de mate em h8. (22.Bxd3? Bxf4+ -+)) (21…Cg6!? 22.Bxd6 Dxd6 -/+)

22.Dh8+ Cg8?!

(22…Re7! -/+ 23.Dxg7? Tg8 24.Dh6 Cd3+! -+)

23.Th7 f5

(23…Cd3+? 24.Rb1! +- Ganhando devido à ameaça 25 Dxg7+) (23…f6!?)

24.Bh6! Td7

(24…gxh6!? 25.Txc7 Bxc7)

25.Bxb5?

Tahl dá início a um de seus típicos festivais de jogadas incríveis. E ainda que seus loucos sacrifícios tenham muitas vezes refutação, resta ver quem é o “guapo” que a encontra no tabuleiro, com a pressão do relógio! (Creio que era preciso continuar com 25.Cd4! Tf7!

(25…gxh6? 26.Cxe6+ Re8 27.Dxg8+ seguido de mate.) 26.Cdxb5! axb5 27.Cxb5 oo Com múltiplas e complicadas variantes, que deixam o resultado absolutamente em aberto… Há ameaças por todos lados, das brancas e das negras. Teria Tahl vantagem aqui? Ou a teria seu rival? E eu sei! Necesitaria de um “monte” de horas de análises para poder descobrí-lo)

25…Tf7?

Koblents começa a fazer confusão… (25…gxh6? 26.Bxd7! seguido de 27 Dg7+ ganhando.) (25…axb5?! 26.Cd4! Attack

({Vários grandes mestres opinaram que as brancas ganhariam aqui com} 26.Cxb5 vendo somente a resposta 26…Db7? 27Cxd6+-, mas depois da surpreendente variante 26…Cg6! 27.Cxc7

(Atenção à linha de fantasia 27.Txg7 Bf4+! 28.Rb1 Txg7! 29.Cxc7 Bxh6! com vantagem para as negras.) 27…Cxh8 28.Cxa8!

(28.Cxe6+ Rf7!) 28…gxh6! 29.Txh8 Rg7 30.Txg8+ Rxg8 31.Cb6 Tc7 32.Cxc8 Txc8 A posição resultante pode considerar-se de aproximada igualdade.)) (25…Te7?! 26.Tg1! ) (Mas a refutação estava em seguir com 25…Cg6! 26.Bxd7! E agora a inesperada 26…Bf4+!

(Mas não a “evidente” 26…Cxh8? 27.Bxg7+ Re7 Se 27…Rf7 28 Bxh8+ com forte domínio branco. 28.Bxe6! Rxe6 Se 28…Bxe6 29 Bxh8+! Bf7 30 Cxd5+ ganhando. 29.Cd4+ Rd7 30.Bxh8+ Ce7 31.Cxd5 Dc5 32.Cxf5! +- Com um ataque colossal!) 27.Rb1 Bxh6! -+)

26.Tg1! Ta7

(26…gxh6? 27.Txg8+ Re7 28.Te8#) (26…axb5? 27.Tgxg7! Txg7 28.Bxg7+ ganhando.)

27.Cd4!

Tahl está em seu elemento! (27.Be8!? Te7

(27…Rxe8? 28.Tgxg7! +-) 28.Cd4! )

27…Cg4!

Koblents, apesar de estar já algo aturdido pelo que está acontecendo no tabuleiro, demonstra sua maestria encontrando esta única e dificil jogada. (27…axb5? 28.Cdxb5 De7 29.Cxa7 Dxa7 30.Tgxg7 +-) (Contra 27…Cc4? Tahl tinha preparado 28.Cxf5!! Bf4+

(28…exf5? 29.Cxd5 Db7 30.Tgxg7 +-) (28…axb5? 29.Tgxg7! +-) 29.Rb1! exf5

(29…Cd2+ 30.Ra1) (29…Bxh6 30.Cxh6 gxh6 31.Txg8+ Re7 32.Te8+ Rd6 33.Ce4+! dxe4 34.Dd4#) 30.Cxd5! Uma posição maravilhosa!)

28.fxg4 Be5?

Koblents se envolve outra vez, ainda que não serei eu quem vai lhe censurar por isso… (Variante espetacular número 1 28…axb5? 29.Ccxb5! Bf4+ 30.Rb1! De5

(30…Db8 31.gxf5! Bxh6 32.Txh6! +- gxh6 33.Txg8+ Re7 34.Te8+ Rd7 35.fxe6#) 31.Cf3! De3 32.Bxf4 Dxf3

(32…Dxf4 33.Ch4! +- com idéia de 34 Cg6+!) 33.Bd6+! Tae7 34.gxf5! Dxf5 35.Bxe7+ Rxe7

(35…Txe7 36.Thxg7! +-) 36.Thxg7! +-) (Variante espetacular número 2 28…gxh6? 29.gxf5! Bf4+

(29…Txh7? 30.Dxg8+ Re7 31.Cxd5+! exd5 32.De8+ Rf6 33.Tg6#!) 30.Rb1 Bg5

(30…Txh7 31.Dxg8+ Re7 32.Cxe6! +- Bxe6 33.Dxe6+ seguido de mate.) (30…Tg7 31.Tgxg7 Dxg7 32.Txg7 Txg7 33.Dxg7+!! O mais forte, diante das ameaças das negras 33…Rxg7 34.Bxa6! Bxa6 35.Cxe6+ Rf6 36.Cxd5+! Rxf5 37.Cexf4 +-) 31.Bd7!! Bxd7

(31…Txh7 32.Cxe6+ ganhando.) (31…Dxd7 32.Cxe6+ Re7 33.Txf7+ Rxf7 34.Dg7+ Re8 35.Df8#) 32.fxe6 Txh7

(32…Be8 33.exf7 Bxf7 34.Dg7+ Re8 35.Te1+ ganhando.) 33.Tf1+! Bf4 34.Dxh7 Bc6 35.Df5+ seguido de Txf4 ganhando.) (Creio que o caminho correto para as negras era a variante espetacular número 3, que inicia com a jogada 28…Bf4+! 29.Rb1!

(29.Bxf4!? Dxf4+ 30.Rb1 Dxd4 31.Tgh1! Ameaça 32 Dxg8+! seguido de 33 Th8++) 29…Bxh6!

(29…gxh6? 30.Bd7!! Dxd7 31.gxf5! +-) 30.gxf5!

(30.g5 Bxg5! 31.Txg5 axb5 32.Ccxb5 Df4! Ameaçando a torre de g5 e mate em f1.) 30…Dh2!

(30…axb5? 31.Txh6! +- gxh6 32.Txg8+ Re7 33.Te8+ Rd7 34.fxe6+) 31.Cf3! Dxg1+! 32.Cxg1 axb5 33.Cxb5 Txf5! 34.a3

(34.Cxa7? Tf1#) 34…Tf1+ 35.Ra2 Te7! Com jogo nada claro. Nesta curiosíssima posição, parece que as brancas terão que sacrificar sua torre de h7 pelo bispo negro de h6 para poder liberar sua dama. As conseqüências disso são imprevisíveis…)

29.Cc6!?

Outra jogada de fantasia! (Era ainda mas forte 29.Cf3! Bxc3

(29…gxh6 30.Cxe5 Txh7 31.Cg6+ Rf7 32.Dxh7+ Rf6 33.Dxg8 axb5 34.gxf5! +-) (29…axb5 30.Ch4! +-) (29…Bf4+ 30.Rb1! +- Bxh6 31.g5!) 30.Ch4! Ameaça 31 Cg6++ 30…Re7 31.Dxg8! +- axb5 32.bxc3! +- Dxc3 33.Cg6+ Rf6

(33…Rd6 34.Bf4+! Rc6 35.Dxc8+ ganhando.) 34.Bxg7+!! Txg7

(34…Rxg6 35.Be5+! Tg7 36.Txg7+ Txg7 37.Dxg7#) 35.g5+! Rxg6 36.Th6# Outra variante incrível!)

29…Bxc3?

Koblents perdeu completamente o rumo. Tahl o está envolvendo de tal maneira que ele já não sabe o que joga… (Variante espetacular número 1 29…gxh6? 30.Cxe5! Tg7

(30…Txh7 31.Cg6+ ganhando.) 31.Cd7+! Txd7 32.Bxd7 Df4+

(32…Bxd7 33.Dg7+ Re8 34.Dxg8#) 33.Rb1 Txd7 34.gxf5! +-) (Variante espetacular número 2 29…Bf4+? 30.Bxf4! Dxf4+ 31.Rb1 axb5 32.Tgh1! ameaça 33 Dxg8+ seguido de mate. 32…Tfd7 33.Cxa7 Txa7 34.Cxb5 Tb7 35.g5! Mais jogadas inesperadas! Ameaça-se 36 g6! seguido de 37 Dxg8+ e mate. 35…Dxg5

(35…Txb5? 36.Dxg7+ seguido de mate.) 36.Cd6! +- Tc7 37.Dxg8+! Rxg8 38.Th8#) (As negras deviam seguir agora com 29…axb5! ainda que depois de 30.Cxe5! Dxe5 31.gxf5! exf5 32.Bd2! seguido de 33 Te1!, o ataque branco não cessa.)

30.Be3!!

Isso já não é uma partida. Isto é um show! Tahl se supera, maravillando ao mundo do xadrez com jogadas cada vez mais incríveis. Seu jogo é absolutamente imprevisível! Por outra parte, quem acompanhava de perto a partida afirma que neste momento Koblents parecia estar à beira de uma crise nervosa, com o cabelo absolutamente despenteado de tanto levar as mãos à cabeça e com o rosto vermelho como um tomate de tanta tensão acumulada. Parecia estar a ponto de estourar.

30…d4

(30…axb5 31.Bc5+! +-)

31.Tgh1!

É o xadrez samba! Ameaça-se 32 Dxg8+! seguido de mate de torre. As negras não podem capturar nenhum dos dois bispos brancos.

31…Td7

(Não era melhor 31…Tf6 32.Bg5! Tg6

(32…axb5 33.Bxf6 +-) 33.Dxg8+!! Rxg8 34.Th8+ Rf7 35.Ce5+! Dxe5 36.Be8#)

32.Bg5?

Tahl comete um deslize, ainda que Koblents, a estas alturas, já não está em condições físicas nem psicológicas para se dar conta disso. Está moralmente derrotado e já não tem nenhuma dúvida de que todas as jogadas de Tahl nesta partida são fantásticas. (O correto era 32.gxf5! +- exf5

(32…dxe3 33.fxe6! +- De novo, com a decisiva ameaça 34 Dxg8+!) (32…axb5 33.fxe6 +-) 33.Dxg8+!! Rxg8 34.Bc4+! Td5

(34…Rf8 35.Th8#) 35.Bxd5+ seguido de mate.)

32…axb5! 33.T1h6!!

Continua o samba. Esta partida é todo um espetáculo! Tahl ameaça agora 34 Tf6+! gxf 35 Bh6+ ganhando (33.Cxa7? Dxa7! -/+ 34.bxc3? Da3+! 35.Rb1

(35.Rd1 dxc3+ ganhando.) 35…Ta7! -+)

33…d3?

O erro definitivo. Só defende momentaneamente a entrada da torre branca por f6. (33…gxh6? 34.Bxh6+ Tg7

(34…Re8 35.Dxg8#) 35.bxc3! +-) (33…Txa2? 34.Tf6+! gxf6

(34…Tf7 35.Dxg7+ +-) 35.Bh6+ Tg7 36.Bxg7+ Re8

(36…Rf7 37.Bh6+ Rg6 38.Tg7+ seguido de mate.) 37.Dxg8+ Rd7 38.Bxf6+ Rd6 39.bxc3!

(39.Txc7? Ta1#) 39…Dxc6 40.Bxd4! com ataque decisivo.) (O caminho da salvação estava em 33…Dxc6! 34.Tf6+ gxf6 35.Bh6+ Tg7 36.Bxg7+

(36.Txg7? Dh1#) 36…Re7! 37.Bxf6+ Rd6! 38.Be5+!

(38.Txa7? Cxf6! -+) (38.Dxg8? Txh7 39.Dxh7 Bd2+! 40.Rxd2 Dg2+ 41.Re1 De4+ ganhando.) 38…Rd5 39.Txa7 Dc4!

(39…Bxb2+!) 40.bxc3 Dxc3! e as negras forçam o empate. Evidentemente, é uma variante muito longa e difícil de ver, inclusive para um forte grande mestre.)

34.bxc3! d2+ 35.Rd1 Dxc6

(35…gxh6 36.Bxh6+ Tg7 37.Cxa7! +-) (35…Txa2 36.Tf6+! gxf6 37.Bh6+ Tg7 38.Bxg7+ ganhando.)

36.Tf6+! Tf7

(36…gxf6 37.Bh6+ Tg7 38.Bxg7+ Re7 39.Bxf6+ Rd6 40.Be5+! Rd5

(40…Rc5 41.Bd4+! +-) 41.Bb8! +- Txh7 42.Dd4#)

37.Dxg7+

E Koblents abandonou a partida completamente tonto. Igual a mim!

1-0

http://torre21.com/visor-js/guerrero-050.htm

Published in: on fevereiro 6, 2008 at 4:07 am  Comments (2)  

The URI to TrackBack this entry is: https://xadrezcriativoemagistral.wordpress.com/2008/02/06/partida-genial-do-inigualavel-thal/trackback/

RSS feed for comments on this post.

2 ComentáriosDeixe um comentário

  1. me lembro dessa partida no site do Guerrero
    excelente tradução
    O Tahl era o tal mesmo, uma partida que eu nunca consegui entender nada, nadica de nada mesmo e…
    acho que o Koblencs tambem🙂
    ainda é fácil encontrar refutações às jogadas de Tahl hoje em dia, mas, como diz Kasparov… depois de 20 anos…
    achar na hora que seria um grande feito

    acho que devia ser um sufrágio pra qualquer jogador do mundo ver o TAhl do outro lado do tabuleiro

    Quanto a sua partida, suas idéias foram visíveis desde o princípio, acho que seria fácil refutá-las, apesar disso, são idéias finas, sutis
    foram movimentos jogáveis, perfeitamente interessantíssimos

    acho que fica claro demais no lance Rg1!?, não entendo como é que o oponente resolveu lhe ajudar jogando Bxf3??
    acho que o lance 15. …g5 ao invés de Kg7? lhe daria mais trabalho, o bispo de f6 funcionaria no fiancheto, ajudando a proteger o rei.

    O resto é história, excelente percepção no lance 19.e5+ desc!!
    ja tava tudo armado, só correr pra vitória😀

  2. sufrágio? não seria suplício?


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: